quarta-feira, 21 de março de 2012

Hoje é dia internacional da Síndrome de Down

A expectativa de vida dos portadores do cromossomo
21 subiu de cerca de 15 anos. 

Diversas ações educativas são realizadas em todo o Brasil nesta quarta-feira, em comemoração ao Dia Internacional da Síndrome de Down, alteração genética produzida pela presença de um cromossomo a mais, o par 21. Atualmente, a data ganha boa notícia – com os avanços da medicina, a expectativa de vida dos portadores da modificação genética subiu de cerca de 15 anos, em 1947, para 70. Os dados são da Santa Casa de São Paulo.

No Congresso, o tema será abordado durante todo o dia. Segundo dados do Instituto Brasileira de Geografia e Estatística (IBGE), o número de casos no país supera os 300 mil. A Síndrome de Down pode atingir um entre 800 ou 1000 recém-nascidos. A variação deve-se ao fato de a incidência do distúrbio aumentar em filhos de mulheres mais velhas.

Em Natal, o lançamento do livro Basta Um Olhar, escrito por Kelly Antunes, será um dos eventos voltados para a data. A obra será apresentada ao público às 19h, no Odontoface (Praça Augusto sLeite, 656, Tirol). O livro é voltado para pessoas que passaram ou vão passar pelo processo de ter um filho com o chamado Trissomia do 21, a partir do ponto de vista de uma mãe que soube apenas depois do parto que seu filho era portador do Cromossomo 21. 
 
Fonte: Blog Macau Em Dia

Um comentário:

  1. Arlete Melo/Diogo Lopes22 de março de 2012 16:31

    Enquanto a brincadeira de gato e rato do gov. municipal com o gov. estadual continua, sem nenhum definir o transporte para os alunos dos distritos, os alunos estão "tirando das goelas" para pagar alternativos. E como não bastasse, soube de uma fonte que os ônibus que chegaram não atende a demanda da rede pública e não permite que os da rede privada andem neles. Pode?! Até quando esperar...

    ResponderExcluir